Buscar
  • Agnes Costa

Dicas para começar bem o dia

Pense no seu café da manhã como o combustível para seu dia!

Com a correria do dia-a-dia e mudanças nos hábitos alimentares e estilo de vida atuais, muitas pessoas excluem da rotina o café da manhã sem darem conta da importância desta refeição.

Durante as horas de sono, nosso organismo continua em trabalho metabólico, embora mais lento, levando há um reduzido estoque energético e ao acordar essa reposição precisa acontecer, mesmo que minimamente.

Cabe destacar que a omissão do café da manhã não é vista como uma atitude saudável, sendo possível relacioná-la com consequências prejudiciais à saúde. Estudos recentes apontam que o não consumo de café da manhã apresenta relação com aumento do consumo de lanches intermediários calóricos (ricos em carboidratos e gorduras), elevando a propensão ao aumento de peso; baixa disponibilidade da glicemia aos níveis necessários às atividades matinais, principalmente relacionadas ao estudo e atividade física; e favorecimento de uma possível deficiência de cálcio, uma vez que este nutriente está prioritariamente presente nas refeições matinais.


Um café da manhã completo deve incluir alimentos fontes de carboidrato, boas gorduras e proteínas. Esses nutrientes podem estar presentes em preparações simples, baratas e saborosas e que facilmente podem ser incluídas no café da manhã. Para isso, um bom planejamento na noite anterior pode facilitar.


Siga estas dicas e você não precisará sair correndo de manhã, sem se alimentar adequadamente. Lembre-se que o desjejum está associado a maior rendimento mental e maior capacidade de concentração ao longo do dia.


DICA 1:

Deixe as frutas pré-preparadas:

Escolhas as frutas que deseja comer e deixe-as higienizadas, cortadas e guardadas em potes de vidro hermeticamente fechados na geladeira. Banana e maçã oxidam com facilidade, por isso pingue suco de limão sobre elas para minimizar o processo e elas não ficarão escuras. Prepare quantidade para uma porção, assim você não terá desperdício.

Se preferir, você pode fazer porções de frutas variadas e colocar no freezer. São boas bases para vitaminas, sucos e shakes.

 

DICA 2:

Escolha dos carboidratos:

Quando falamos em café da manhã, o pão é o carboidrato preferido, mas você pode substituí-lo por outras fontes muito interessantes, como mandioca (aipim, macaxeira) cozida e temperada com manteiga ou azeite, crepioca, batata doce e até mesmo uma vitamina de inhame com frutas, que aliás são excelentes para pré-treino.

Na véspera, já deixe os tubérculos cozidos em porções para dois ou três dias. Assim você economiza tempo.

Lembre-se que no caso de pães e torradas, devem ser priorizados os integrais, que possuem fibras importantes para várias funções no organismo, inclusive auxiliam na maior saciedade. Evite farinhas refinadas, pois são pobres nutricionalmente.

 

DICA 3:

Overnight:

Esta preparação pode ser feita de véspera. Existem inúmeras receitas pela internet e podem ser congeladas. Se for o caso, retire do freezer na noite anterior e pela manhã acrescente as frutas picadas. Um bom overnight é completo: tem fonte de carboidrato (aveia, quinoa, amaranto por exemplo), gorduras e proteínas do iogurte, kefir ou coalhada e todos os nutrientes das frutas. Se preferir, você pode adoçar com mel, melado ou açúcar mascavo, caso sua dieta permita.

 

DICA 4:

Ovos cozidos:

Brasileiro não tem hábito de consumir ovos no café da manhã, mas é uma ótima opção proteica, além de garantir maior saciedade. Você também pode deixar ovos cozidos na geladeira, de véspera ou se preferir, poderá consumi-lo na forma de crepioca e recheá-la com geleia de frutas (natural) , queijo, patês etc.. Tem receita aqui no blog.

 

Para te ajudar na organização do seu desjejum separei algumas receitas que incluem todas essas dicas, basta acessar o link abaixo.















4 visualizações0 comentário